Coppe anuncia vencedores do concurso

Chegou a hora de conhecer as fotos vencedoras do concurso fotográfico Viva a Ilha do Fundão, eleitas pelos júris profissional e popular e anunciadas nesta segunda-feira (24/2). Foram dois meses e meio de inúmeros cliques em busca dos melhores ângulos para retratar a ilha, sua natureza, arquitetura e frequentadores do campus. Fotógrafos profissionais e amadores  abraçaram o desafio e fizeram do concurso promovido pela Coppe/UFRJ um grande sucesso. Com 628 candidatos e 755 imagens postadas, o concurso teve uma intensa participação dos internautas, totalizando mais de 11 mil votos no júri popular.

 

Vencedores

A proposta do concurso, que faz parte das comemorações dos 50 anos da Coppe, foi revelar, por meio de múltiplos olhares, os recantos, as curiosidades e a realidade dessa Ilha carioca, ainda pouco conhecida pelos moradores do Rio de Janeiro. Nela, transitam diariamente cerca de 90 mil pessoas, entre alunos, professores, pesquisadores, técnicos e funcionários que atuam em áreas diversas, contribuindo para o avanço do maior valor do mundo contemporâneo: o conhecimento. Esse é o ponto comum, o motor que os impulsiona e movimenta e que faz dessa ilha, geograficamente similar a tantas outras, um lugar tão especial.

“É raro um concurso como esse, bem organizado em termos de divulgação, e que reuniu trabalhos tão interessantes e bons prêmios”, afirmou o jornalista Dante Gastaldoni, professor da Escola de Comunicação da UFRJ, integrante do júri profissional. “Pelas fotos, eu não vi um único Fundão, mas várias ilhas do Fundão, e isso foi uma surpresa”, disse.

Para o presidente da Comissão julgadora, Príamo Melo, o concurso superou as expectativas, conseguindo mobilizar um conjunto de pessoas dentro e fora da Ilha do Fundão. “É gratificante ver a Ilha apresentada dessa forma, por meio de seus atributos de beleza e poesia. As fotografias conseguiram reproduzir o lado poético da Ilha”, ressaltou o professor.

Confira as fotos vencedoras selecionadas pelos júris profissional e popular

serpente

1CT

Na categoria Ciência e Tecnologia, as vencedoras são: Serpente Mecânica, de Ricardo Alves Ferreira (foto acima); Luzes da Ciência e Tecnologia, de Fábio Gama Soares Evangelista; e Mushrooms, de Nadia Maria Comerlato. 

NA1

Na categoria Natureza e Arquitetura, os vencedores foram: Construção na Ilha do Fundão, de Tchello d'Barros (foto acima); Amanhecer no Fundão, de Milton Maurente; e Harmonia, de Indira Cavalcanti Amazone Figueiredo.

VC1

Na categoria Vida no Campus, os trabalhos escolhidos pela comissão julgadora foram: Felicidade, de Mauricio A. C. Aghina (foto acima); O voo, de Lívia Vidal do Amaral; e Moradores da Vila Residencial, de Renan da Silva Ferreira.

JP1

Os internautas tiveram uma participação expressiva e tornaram a disputa acirrada no período de votação, entre os dias 21 de janeiro e 20 de fevereiro. Com um total de 11.217 votos, as três fotos eleitas pelo júri popular são: Caminhos Espirais para o Conhecimento, de Marcos Vinícius Costa de Souza (foto acima); Rotina, de Géssica de Albuquerque Hage; Entre Tempos, de Frederico Augusto Ribeiro d'Arêde. Acesse o site do concurso fotográfico para conhecer as fotos premiadas nas três categorias e as eleitas pelo voto popular.

Fotos premiadas serão exibidas em exposição na Coppe

Organizado pela Assessoria de Comunicação da Coppe, o concurso contou com uma comissão julgadora composta de profissionais diversos: o fotógrafo Custódio Coimbra, do jornal O Globo; o jornalista Dante Gastaldoni,  professor da Escola de Comunicação da UFRJ; o artista plástico e professor da Escola de Belas Artes da UFRJ, Cezar Bartholomeu; a fotógrafa Joana Mazza, curadora assistente do Museu de Arte Contemporânea de Niterói (MAC); a designer gráfica Danielle Martins, da Traço Design; e  a arquiteta e artista plástica Fernanda Metello, arquiteta da Coppe e artista plástica. Presidida pelo engenheiro e fotógrafo Príamo Melo, professor do Programa de Engenharia Química da Coppe e do Ateliê da Imagem, a comissão elegeu as melhores imagens em três categorias: Ciência e Tecnologia, Natureza e Arquitetura e Vida no Campus, de acordo com critérios como adequação à temática do concurso, qualidade técnica, criatividade e originalidade. 

JuriProfissional

O fotógrafo Custódio Coimbra destacou a diversidade dos trabalhos inscritos no Viva a Ilha. “Foi uma surpresa a grande diversidade de olhares dos candidatos que participaram do concurso. Não teve uma foto que tenha recebido o voto de todos os sete jurados do concurso”, explicou Custódio, fazendo uma referência à qualidade das fotografias. “Mas não foi difícil escolher as vencedoras, pois as boas fotos saltam. Elas logo vêm aos olhos”, afirmou. 

Os autores das fotos vencedoras pela comissão e pelo júri popular serão premiados com câmeras fotográficas. Os prêmios serão entregues em cerimônia, no auditório da Coppe, e as fotos selecionadas farão parte de uma exposição inaugurada no mesmo dia. O período e o local da exposição serão anunciados em breve. As imagens premiadas também farão parte de uma exposição virtual das fotografias, que poderão ser conferidas no site do concurso. 

O concurso fotográfico Viva a Ilha do Fundão e os demais eventos comemorativos dos 50 anos da Coppe contam com o patrocínio de Itaipu Binacional, Braskem,  GE, Halliburton, Petrobras, Eletrobras Furnas, Ministério de Minas e Energia e Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.